É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







20 de mai de 2010

VERSOS MEUS


Sua demora não tirou de nós a virtude de celebrarmos a hora.
Entre cinzas, assim nos encontramos.
Dois corações aos pedaços.
Pra sermos inteiros novamente, eis que o destino finalmente nos apresentou.
O que importa se fomos por alguém lançados fora?
Não fosse assim, não estaríamos aqui, lado a lado, um novo par que se forma.
Que os beijos, embalados pela vitória, sejam a nossa prova.
Teu sabor é de doce afeto.
Teu perfume é inebriante desejo.
Pois que venha a vida e nos toque com seus dias.
Que o amanhã seja a continuidade do que começamos há instantes.
Lado a lado, passo a passo, mais e mais.
Este um poema sem rima e sem cautela, escrito na madrugada.
Penso em você, que pensa em mim agora.

3 comentários:

Isis disse...

Lindo....
Beijo

Cláudia disse...

De amor e poesia, assim é feita a vida.
Obrigada pelo seu comentário, Isis!

Beijo

Victor Manuel disse...

De poesia é feita a vida... O amor vem de vez em quando... na asa da vida... quando se percorre a poesia que é a vida...

Beijo para ti, Princesinha de São Paulo!

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!