É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







5 de abr de 2011

LUGAR DE LIXO É NO LIXO!


Se existe algo que me irrita é hipocrisia. Vamos ao dicionário! Hipocrisia significa fingimento, falsidade. Hipócrita é o falso, a falsa; o mentiroso, a mentirosa. Eles me irritam.
Quando um relacionamento amoroso termina, seja ele namoro ou casamento, deveria cada um tomar seu rumo, sem mais choramingar ou debater-se. Porém, eis aqui a tal da hipocrisia. Nem todo mundo sabe exatamente o que quer e, na dúvida, alguns decidem reciclar o lixo. Explico. Separar-se deveria significar adeus, au revoir, tchauzinho. Mas, há aqueles e aquelas que, movidos pela ausência física, emocional, material, ou seja lá que tipo de ausência for, decidem ir buscar de volta aquele ser que agora é seu ex, reconquistá-lo se não pelo amor, pela teatral dor.
As artimanhas podem ser diversas. Emagrecer consideravelmente, trajar-se de preto-luto, diminuir a maquiagem, tirar fotografias com a fisionomia pesarosa e estampá-las no Orkut, Facebook. Há quem simule tentativa de suicídio, embriague-se e faça escândalos ao telefone ou pessoalmente. Tem quem crie embaraços infindáveis, seja com filhos ou patrimônio, para ter ainda contato com a ex, com o ex. Porém, o que mais me irrita mesmo é a intenção de ter de volta quem foi machucado e lançado à distância, sem dó.
Quem volta nessa estrada, digo com certeza, arrepende-se. Lixo deveria ir embora no caminhão, com seu odor e aparente inutilidade. Dizia minha mãe algo sábio, mas um tanto desagradável de ser explicado. Ir ao banheiro, todos fazemos isso. Após o uso do vaso sanitário utilizamos a descarga. Adeus xixi, adeus cocô. E não é preciso atirar-se pela tubulação para ir buscar esses dejetos, afinal pra nada mais nos servem e são nojentos. O mesmo é a separação. Já era, foi embora pro esgoto! Mas, os maus perdedores, as más perdedoras, não se conformam. Para provar a si mesmos que podem reconquistar seu ex-par, empenham-se em aparecer, dão um jeito de ser lembrados ainda que causem algum tipo de transtorno.
Difícil mesmo é não se deixar abalar, quando existe a decisão de não voltar atrás, não render-se ao apelo de quem é ex. Nessa confusão, que pode acontecer pouco tempo após a separação ou até mesmo anos depois, sobram fagulhas pra quem nada tem a ver com isso: o novo namorado e namorada desse casal. Pedir compreensão a esses, creio que seja pedir demais. Não acho justo servir de muleta, tábua de salvação pra quem está sofrendo reflexos de uma separação recente e/ou mal resolvida. Ser um estepe pra aquele pneu titular e furado.
E tudo isso porque não suporto a hipocrisia, que significa falsidade, mentira. Tolo quem se deixa enganar! Tolo quem não agarra a vida com força, abre-se pra um novo amor com lealdade e sem buscar o lixo do seu passado. Muito ajuda quem não atrapalha, portanto que descansem em paz os ex. Amém!

2 comentários:

'Glenda Barros disse...

Diva, como vc tbm odeio hipocrisia, e tem gente que usa e abusa desse adjetivo. A melhor maneira de despistar gente assim, é fingir que ela não existe e investir num novo amor. Já passei por isso com todo stilo, em cima de um salto quinze, como deve ser. Não temi diante da adversária, pelo contrário, a enfrentei não a enfrentando. Esquecer que o hipocrita existe é a melhor maneira de apagá-lo, deleta-lo. Ele fica sem forças e suas peripécias mirabolantes, que visam chamar a atenção nem são consideradas. O lance é ser chique, manter-se por cima. Os de baixo não me atingem...Adoroo Divinamente Diva.

Bejos

´P.S. To noiva pra valer, pronta pra mais uma etapa da minha vida.

Cláudia disse...

Glenda,

Parabéns pelo noivado. Sei o quanto você é madura pra sua idade, o quanto é especial. Que Deus te proteja e abençôe seu relacionamento. Quanto ao meu texto, generalizei. Sempre há uma pitada de experiência pessoal em tudo isso, mas falei admirando uma vista panorâmica: os relacionamentos alheios. Os de baixo também não me atingem, basta não sentar no formigueiro, claro!
Obrigada pelo comentário!
Beijo de sua leitora e fã.

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!