É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







10 de abr de 2011

SEM VOCÊ? NÃO TEM GRAÇA!


Assim que acordei, neste domingo de outono, pensei nos textos que poderia escrever e publicar neste blog. Falaria do outono, talvez falasse de minhas reais e imaginárias aventuras e desventuras. Porém, um episódio ocorrido no dia de ontem, marcou não apenas o meu final de semana, mas toda a minha vida.
É a segunda vez que a banda U2 vem a São Paulo e não posso assistir ao show. Desta vez impedimento maior foi a demora na procura de ingressos. Esgotaram-se rapidamente, perdi a oportunidade.
Após lamentar, segui em frente. A correria, o dia a dia, tudo isso ajudou a superar a frustração inicial. Porém, chegou o dia do show e, mais uma vez, fiquei chateada. Imperdoável a minha falta de celeridade na busca de um par de ingressos: pra Divo e pra mim. Portanto, já era.
No horário do almoço, comidinha nas panelas, Divo chegou em casa e sentou-se pertinho de mim. Televisor ligado, a matéria do telejornal era justamente o U2. Divo disse o seguinte: - Sabe o meu amigo Pedro Henrique? Ele me perguntou se eu gostaria de ir ao show com ele no domingo, porque sobrou um ingresso.
Foi apenas uma fração de segundo. Naquele instante suspirei resignada, afinal um de nós dois iria ao show tão sonhado. O suspiro foi interrompido com o toque da mão de Divo em minha mão. Jeito afetuoso, de quem compreende meu coração.
- Diva, deixe de ser boba. Eu respondi que não posso ir e perguntei se ele tinha 2 ingressos, pra você e pra mim. Já que não tinha, não vou, porque ir sem você não tem graça.
Ainda dei uma forcinha de leve pra que ele fosse, mas torcendo pra que não fosse. Achei o máximo a prova de amor que recebi. Portanto, não fui assistir U2, mas ganhei o final de semana, ganhei o mês e o ano. Coisa boa que é ter um par que me acompanha em todas as situações. Esse é o meu par! Essa marca está gravada pra sempre, eternamente. Prova de amor contemporânea: se você não vai, não quero ir.
Deixo um vídeo lindo que assisti logo cedo: U2 e um coral Gospel. Vale a pena conferir!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!