É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







16 de jul de 2011

SONHAR


Sábado ensolarado! A pilha de roupas pra passar pisca faceira pra mim. Eita vida besta! Fujo pro lado oposto e esbarro no notebook. Internet lenta! Tenta, tenta, tenta! Finalmente uma conexão! Péssima, mas dá pro gasto. Entro na página do blog. Um anúncio colorido diz que há apartamentos novos em um bairro bastante interessante. Clico. Informações pelo chat, direto com o corretor. Não posso comprar nada, a casa está à venda e não vende nem com reza brava.
- Bom dia, Sra. Diva!
- Bom dia, Sra. Corretora!
- Posso ajudá-la?
Ai! Toda vez que alguém pergunta “como vai?” ou “posso ajudá-la”, preciso me conter. Vou mal, estou sem grana, a casa não vende, Divo deixa todas as camisas sociais pra que eu passe no final de semana. O sol brilha, apesar do meu involuntário enclausuramento neste apartamento. Pra piorar, pode sim me ajudar: socorro!
- Vi um anúncio. Um apartamento de 2 dormitórios, lançamento no bairro da Vila Ensolarada. Espaço gourmet, suíte, cozinha americana. Qual é o valor?
- Senhora, temos ainda uma unidade. Vou verificar a disponibilidade e o valor. Um momento, não desconecte!
Vivo desconectada. Pedir que eu não desconecte é o mesmo que pedir ao sol, que parece indiferente às minhas adversidades momentâneas, que pare de brilhar!
- Há duas unidades. Uma na cobertura e a outra no primeiro andar.
- Qual o valor?
- A cobertura, 1.250.000,00. O primeiro andar, 820.000,00. Que tal?
Que mau!
- Tem no oitavo andar?
- Infelizmente, senhora, temos apenas as duas unidades que informei.
- Quero a cobertura!
- Por gentileza, deixe o seu telefone pra contato.
- XXXX-XXXX.
Forneci o celular do Divo. Ele não está em casa, saiu pra levar o carro pra lavar. Todo sábado o carro vai pro lava-rápido. E eu passo roupas. O sol brilha. A internet cai. E o blog bomba! Acho, quase comprei um apartamento. Só falta o dinheiro, mas isso pertence ao mundo dos mortais, sou Diva Latívia, que sonha e transforma ideias em textos. Eis meu apartamento, imaterial, churrasqueirinha no terraço, área de serviço que comporta a imensa tábua de passar. O girassol pertinho da janela. E eu, dona de casa, na cobertura onde a internet deve ao menos funcionar. Sonhar, sonhar, sonhar! E a roupa lá, pra passar. O sol a brilhar. O carro a lavar. A internet a despencar. Sonhar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!