É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







22 de dez de 2011

O MEU AGRADECIMENTO AO PAPAI DO CÉU


Uma pena que o mundo esteja sempre em guerra. Uma pena que as notícias dos jornais sejam assustadoras, carregadas de tristeza. Uma pena que a gente tenha a cada dia menos tempo para si mesmo, para aqueles que amamos, para refletirmos, e para agradecermos ao nosso Criador. Chegou o Natal, já desejei a todos boas festas, mas faltou deixar aqui o meu agradecimento ao Papai do Céu.

Querido Papai do Céu,
Você me trouxe um presente lindo no último Natal: meu Divo e sua bela família. Desde então, eu não soube mais o que é solidão. Todos os domingos eu tive o aroma, o calor e o aconchego de um lar materno. Ganhei de presente uma sogra com sorriso, olhar e carinho de mãe. Tenho três irmãos biológicos, mas ganhei outros irmãos. Tenho sobrinhos, ganhei mais sobrinhos.
Eu sei que foi Você quem promoveu essa mudança boa em minha vida, que Você assistiu minha dor, quando lutei ao lado de minha mãe e ela não resistiu, foi embora pro Céu. Eu sei que Você acompanhou meu sofrimento, ao enfrentar dificuldades incontáveis para organizar minha vida depois desse episódio. Quem me deixou a missão de cuidar do meu irmãozinho mais novo, que é deficiente.
Papai do Céu, Você me amparou, me deu Sua mão, me carregou em Seu colo quando imaginei que não seria capaz de enfrentar tantas dificuldades. Foi Você quem me trouxe mais amigos, quem me inspirou para escrever tantos textos neste blog. Eu hoje tenho muito que agradecer e pouco que pedir. Meu único pedido é a CURA do meu irmão Flávio e, se não for pedir demais, a boa saúde de todos nós, especialmente a do meu menininho, o Gabriel.
De Sua filha, aquela que neste blog assina Diva Latívia.

2 comentários:

Lumont disse...

Toda a minha força e solidariedade para que seja dada resposta afirmativa ao seu pedido. Se Ele quiser faz-lhe a vontade, vc merece.
Que a Família conseguida tenha plena felicidade.
Obrigado por deixar-me partilhar do seu mundo mesmo que apenas virtual.

Cláudia disse...

Luís,
Quem tem que agradecer sou eu. É maravilhoso, através deste blog, alcançar corações, feito o seu. Através deste blog, ter mais força com a solidariedade de amigos feito você.
Obrigada e um beijo.

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!