É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







10 de jun de 2012

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!


Dia dos namorados. Dia daqueles que se conheceram na festa, na balada, na escola, na faculdade, naquele curso, na rua, na academia, no parque, no supermercado, na casa do(a) amigo(a), na viagem, no metrô, no ônibus, no trabalho, na livraria... E, ops! Eis uma boa desculpa para dar, quando alguém pergunta: ”onde vocês dois se conheceram”?
Ah, conhecer alguém na internet é a coisa mais moderna e normal deste mundo cibernético! Mas, como explicar isso pra mãe, pro pai, pros avós, pra tia? Na livraria... Isso dá um toque intelectual a qualquer tecladinha feliz!
Tem gente que se conhece por acaso. Por acaso é um jeito excelente de conhecer o par! Por exemplo: por acaso, eu estava com dor de cabeça, fui à farmácia e ele era quem?  O farmacêutico! Por acaso, eu dei de cara com ele (a) e me apaixonei assim, sem mais, nem menos. Onde? No pet shop! Na igreja! No danado do trânsito!
Namorar é mais doce que rapadura. Por falar em rapadura, o amor é isso mesmo: doce, mas a vida é mesmo dura. Não é fácil namorar. Quem namora se apaixona, ou não. Quem namora casa, ou não. Sorte, talvez. Namorar só é bom, pra valer, quando o fogo da paixão é correspondido,  e quando o “pra sempre” dura muitos e muitos anos.  
Paixão combina com namoro. Namoro combina com beijos. Beijos combinam com flores. E de flores e amores, assim é feita a vida.
Tanto faz o estado civil, se os namorados ainda não casaram, se não pretendem se casar, ou se um dia irão se casar. Não importa se são noivos, ou se casaram faz pouco, ou muito tempo.  Coisa boa que é casar e continuar namorando! Namorar é estado de alma! Tem coisa mais gostosa que  sentir aquele friozinho na barriga, o coração acelerado, que sonhar acordado(a)? Namorar não requer idade, estatura, cor de pele, sexo ou nacionalidade!  Que o amor se faça em prosa, em versos!
Este texto foi escrito ao lado de Divo, vestido com seu pijama, distraído. Ele é meu marido, é um desafio sermos namorados. Escrevi lembrando dos meus pais, que namoravam, apesar de tantos problemas em seu relacionamento. Escrevi pensando nos meus irmãos, vitoriosos em seus casamentos. Mas, especialmente, escrevi pra você, que lê minhas histórias. FELIZ DIA DOS NAMORADOS!


4 comentários:

Srtª Encalhada Encalhada disse...

Cláudia achei o seu Texto incrível!

Cláudia Cavalcanti disse...

Querida Srta. Encalhada,

Obrigada pelo comentário! Sou fã do seu blog e, pra mim, é uma honra o seu elogio.

Um beijo

Deborah Spadotto disse...

É!! Namorar é a parte mais gostosa da minhha nada mole vida (a Globo que me desculpe o plágio, mas é verdade!). Não vejo a hora de fazer um brinde, comer a luz de velas e dar um beijinho(e outras coisas que não cabe dizer aqui) no amado amanha! Hum, que delicia!! Diva, curta o seu Divo pq a vida é curta!!
Bjs

Cláudia Cavalcanti disse...

Débora,

Ah, o amor...
Aproveite muito a data!!!
beijo

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!