É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







16 de set de 2012

DIA DE LENGA-LENGA: HOJE É DOMINGO!


Domingo é gerúndio e parece lenga-lenga. A gente acorda e não tem telejornal, metade do mundo parece ainda dormir, até o cachorro dorme até mais tarde no domingo. Amanheci sonolenta, rabugenta, perambulei pelo apartamento. Um helicóptero causou meu despertar. Helicópteros, tão modernos, deveriam ter um silenciador em seu rabo, quiçá em seu nariz. O que estaria tentando fazer esse piloto? Rodou, rodou, bisbilhotou os telhados do meu bairro longamente. Ingo, em pleno domingo! Por fim, lá pelas tantas, pude observar vizinhos do meu condomínio, vestidos em seus pijamas, caras amassadas, cabelos desalinhados, a buscar no céu a origem do barulhão que, feito a mim, os despertou.
Nada mais que fazer, preparei um café forte. Vim ao computador. Sem novos e-mails, sem novos comentários no blog, sem notícias interessantes. Ingo, é a chatice do domingo! Liguei o televisor. A programação domingueira é péssima, mas há exceções: Discovery History, Animal Planet. Girafas e seus longos pescoços, belo exagero da natureza. O helicóptero, finalmente, satisfez-se com o mal feito e partiu, rumo a outro bairro, para despertar outras gentes.
Mau humor! Domingo, dia de macarrão, não suporto frango! Dia de ler os jornais, visitar parentes, preparar pudim de leite condensado. Silvio Santos vem aí! Há coisa pior,famosos dançam, desafortunados recebem presentes e reencontram parentes, quase todos os times de futebol entram em campo!  Tudo isso arrasta consigo o dia de domingo.
Antigamente eu ia à missa dominical. Disse que ia, porque não mais voltei à igreja no dia em que o padre fez um longo sermão abençoando casais que permaneciam casados até que a morte os pegasse e levasse sabe-se lá pra onde. Problema deles, que tinha, ou tenho eu com isso? Porém, o padre disse que os divorciados, separados, os que vivem em união estável estão em pecado. Pecadora que sou, saí da igreja pisando duro, esqueci que o local é a casa de Deus e proferi uns nomes feios. Eu, pecadora? Hipocrisia! Decidi rezar em outras paradas.
Dia desses fui convidada a dançar. Dançar em um baile da saudade, em uma tarde de domingo. Não pude aceitar o convite, mas viajei no colo da minha imaginação, ao som do bolero, tudo para espantar o lero-lero. Domingo, saudade da infância. A casa cheia de parentes e amigos, das panelas o aroma de comida dominical.
A esta altura  da manhã todos despertaram em minha casa, tudo preparado para a largada da corrida de domingo. Ingo, serei feliz, oh domingo?  Admiro o dia de tempo seco, ao longe a serra que parece enevoada. Saudade de outros tempos. Onde estarão adormecidos os doces domingos?

4 comentários:

deborah spadotto disse...

Pergunta: sobrou um pouco do pudim de leite condensado?!Rsrs

Cláudia Cavalcanti disse...

Débora,

Sua magra de ruindade! Você ontem comeu feijoada, baguete, queijos variados, berinjela em conserva, tomou sorvete com cobertura e repetiu duas, ou três vezes! Sem comentar o licorzinho de saideira e a véspera... Ah, a véspera, regada a muita cerveja, golinhos no drink meia de seda e petiscos variados. E ainda quer pudim de leite condensado??? KKKK

Beijo.

Blog do Akira disse...

Salve, salve, Cláudia Cavalcanti. Ingo, comecei a seguir voce nessa noite de domingo. Um grande abraço.

Cláudia Cavalcanti disse...

Akira,

Seja bem-vindo!

Um abraço.

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!