É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







1 de set de 2013

FOTO 3X4

A foto 3x4, ainda recente. Quando a tirei? Há um, ou dois anos? Não soube dizer.A necessidade de ter uma foto recente me levou à busca dessa tal foto 3x4.
Séria, talvez triste. Cabelos longos e soltos. Olhar de quem pensava em algo chato, muito chato.
Quando será que tirei essa foto? A princípio não consegui lembrar.
Foto para documento de identidade tem que ser recente. Decidi perguntar a quem estava ao meu lado: - Você acha que está boa esta foto? Olhou-me com um sinal de desinteresse, outro olhar de crítica severa. - Não, mas eu acho que é melhor tirar outra foto, coisa recente.
O tempo passa. Noites insones, profundas olheiras, ruguinhas que brotam feito capim à beira da estrada.
Onde estará minha jovialidade? Feito flor a despetalar, senti-me aos pedaços com o comentário a respeito de minha foto 3x4. Eu acabando, acabada, sem solução. A opinião masculina, infelizmente, é vital para o viço feminino. Meio que morri assim...
Sem graça, fiquei sem graça. Uma mulher desinteressante, talvez? Velha, possivelmente. "Barangada", talvez. Descobri a data da foto, não mais que dez meses! Recente, portanto. Envelheci cem anos em dez meses, quem sabe?
Tentei decifrar naquele homem, distraído, frio, um sinal de interesse, ou desinteresse por mim. Alheio, totalmente alheio à minha aflição. Eu, a mulher invisível que apareceu na foto 3x4. A foto com o olhar triste de quem precisa,com urgência, emergir e voltar a viver. Voltar a amar e ser amada. Voltar a ser uma bela mulher.
Solidão acompanhada, esta a pior de todas as solidões. Autoestima feminina requer amor apaixonado. Sem isso, melhor não ter fotos 3x4, muito menos quem as comente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!