É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







22 de mai de 2014

SONHO DE UMA NOITE SEM FIM

Insônia, ela sempre acordava pontualmente às duas horas da manhã e depois o sono parecia desaparecer. Pensamentos a visitavam, ideias surgiam e nada de adormecer novamente. Naquela noite abraçou o travesseiro e viajou ao passado, lembranças que pareciam esquecidas visitaram sua vigília.
Amor, como saber o que teria acontecido se não tivesse saído batendo a porta? Se ele tivesse corrido atrás e impedido sua partida? Como saber se estariam juntos, se seriam felizes? Teriam viajado pela Europa? Feito amor à luz de velas? Adotado uma criança? Estariam mais, ou menos ricos? Quantos amigos em comum teriam feito? A dor em seu peito não existiria? E se? E se?
Por fim, às quatro e quinze da manhã ela adormeceu e sonhou. Lá estavam eles dois a dançar descalços na praia. O céu estrelado, a lua crescente. Felizes, tão felizes que flutuaram sobre o oceano em um bailado que tocava de leve as ondas do mar. Um mundo mais do que perfeito, sintonia de almas
Acordou feliz, nos sonhos o amor não tinha barreiras. Teria sido tão perfeito assim se não tivessem se separado? Como saber? Assim é a vida, as escolhas difíceis tiram o sono, mas as possibilidades de felicidade fazem sonhar.

9 comentários:

Anônimo disse...

Diva obrigada.

Ciça

Anônimo disse...

Parabéns Diva, ficou lindo seu escrito. Bem sensível.



Anônimo disse...

As mulheres são complicadas e não sabem o que querem. Tudo o que você escreve mostra que não é exceção alguma. Dúvidas demais. No entanto, escreve bem e compensa ler suas desventuras.

Bons escritos para você, abs.

Jr.

Cláudia Cavalcanti disse...

Agradeço os comentários que recebi. Ciça, espero mesmo que tenha gostado, conversar com você sempre me inspira! Anônimo, volte sempre! Jr, achar que mulher é complicada é coisa de quem não se aprofundou no mundo feminino, de quem apenas lê o que seus olhos enxergam, sem compreender as entrelinhas. Agradeço o elogio, mas não sáo minhas as desventuras, nem as aventuras. Tudo o que eu escrevo já vi, às vezes provei, mas muitas vezes assimilo o que ocorre ao meu redor, as experiências não são minhas, nem este blog é um diário, eu não exporia minha vida publicamente, não dessa forma. A todos, muito obrigada e continuem lendo e comentando meus textos, é com imensa alegria que recebo seus comentários. Um beijo.

Anônimo disse...

Bom dia Sra. Claudia Cavalcanti.
Tomo a liberdade de chamá-la por seu nome verdadeiro. Fiz uma pesquisa no Google sobre versos e encontrei casualmente o seu blog. A leitura agradável convenceu-me que talvez V.Sa. seja profissional da imprensa, imagino assim. Quero parabenizá-la por seu trabalho neste blog e, com sua licença, enviarei através do seu contato aqui fornecido uma mensagem pessoal para conversarmos. Forte abraço.
Lúcio

Anônimo disse...

Diva Latívia, mais uma vez vc apresenta esse seu lindo texto, demonstrando sua profunda sensibilidade agregada ao seu extremo romantismo.

Parabéns, pois você sabe muito bem mexer com a emoção das pessoas e as faz sonhar com momentos mais lindos de amor, desejo e paixão!!!

Beijo!






Cláudia Cavalcanti disse...

O seu comentário também foi bastante romântico. Muito obrigada, venha sempre comentar meus textos!

Beijo

Anônimo disse...

Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Bacana seu conto.

Cristina

Anônimo disse...

Moça, tem vida inteligente na net. Bom seu blog, congratulações.

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!