É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







25 de jun de 2014

VIUVEZ

O mundo pareceu acabar quando morreu Matilde, esposa mais do que perfeita. A princípio, o viúvo Agenor tramou matar-se 
Quando o elétrico da linha 367 se aproximou, conteve o impulso suicida, embarcou no ônibus e desceu no ponto final. Caminhou trinta metros e esbarrou no cartaz da escola de dança de salão.  
Primeira aula: dois pra lá, dois pra cá. Encontrou Doralice, morena de meia-idade. Ao som do bolero abandonou o luto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!