É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







16 de ago de 2014

SUAVIDADE

Lá estava ela: leve e colorida. Pousou em uma flor, depois em outra, sobrevoou o canteiro de hortênsias e decolou novamente. As asas delicadas espalharam tons de azul ao seu redor. Eis que parou em meu ombro e cheguei a fechar os olhos e implorar em pensamento: - vá embora!
Arrisquei movimentar lenta e calmamente a cabeça para o lado. Observei-a  a poucos centímetros do meu rosto. – Não sou flor! Vá procurar rosas! – Pude notar que as asas da borboleta são quase transparentes. Suas patinhas parecem fiapinhos.
Segui caminhando pelo parque a levar comigo minha mais nova amiga, que me deixou minutos depois e voou na direção do topo de uma árvore. Suave companhia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!