É proibida a reprodução não autorizada dos textos deste blog, de acordo com a Lei nº9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que regula os direitos autorais.

Apresentação

Este blog nasceu no blog Janela das Loucas, onde assinava "Diva Latívia". Ali permaneci durante muito tempo, como autora principal das crônicas do blog. Redescobri que escrever é vital pra mim, guiada e editada por Abílio Manoel, cantor, compositor, cineasta e meu querido amigo. O Janela das Loucas não existe mais, Abílio foi embora pro Céu. Escrevo porque tenho esse dom divino, mas devo ao Abílio este blog, devo ao Abílio a saudade que me acompanha diariamente. Fiz e faço deste blog uma homenagem a aquele que se tornou meu irmão, de alma e coração. Aqui o tema é variado: cotidiano, relacionamentos e comportamento, em prosa e versos.







22 de dez de 2016

NATAL É AMOR, FELIZ NATAL!


Mais um Natal, mais um novo ano.
Todos os dias, aqui no blog, recebo mensagens de pessoas que estão sofrendo muito. O desamor, a desarmonia, a falta de esperança, os problemas diários. E é, de modo especial, para vocês que chegam aqui a partir de uma pesquisa no Google e em outros sites de busca, sobre como resolver um problema, ou como encontrar a solução para um conflito pessoal, amoroso, familiar, que deixo os votos de Feliz Natal. Porque Natal é esperança, é paz, é luz. Ainda que não aconteça uma festa, ainda que o dinheiro esteja curto para roupa nova, presentes caros, que não esteja presente alguém especial, ainda assim, que seja Natal em seus corações. 
O amor está acima de todo e qualquer problema, todo e qualquer conflito. Não me refiro a quem tem uma religião, especificamente, mas a quem busca o amor como fonte, alimento de sua vida. Que esse alimento, esse pão, seja encontrado em palavras bem pensadas, atitudes serenas, reflexões que levarão a um bom entendimento com outras pessoas. Se nada é fácil, pois que o primeiro grande obstáculo - vencer os próprios impulsos - seja o mais lindo presente, entregue de si para si mesmo(a).
Feliz Natal, que os amores sejam correspondidos, que novos amores sejam plantados e colhidos, com todo o amor próprio, sempre.

Diva Latívia ( Cláudia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!